Robinho pode jogar futebol na cadeia após se adaptar.

# Robinho volta a jogar futebol após deixar isolamento na prisão

O ex-jogador Robinho, que foi preso por estupro no Brasil após decisão do STJ em acatar a condenação da justiça italiana, está vivendo uma nova rotina na Penitenciária 2 de Tremembé, em São Paulo, conhecida como o ‘presídio dos famosos’. Ele cumpre pena de 9 anos por estupro coletivo contra uma mulher albanesa na Itália.

Depois de passar dez dias em isolamento em uma cela de 8m², Robinho foi transferido para uma cela comum e agora está autorizado a participar de atividades na prisão, como partidas de futebol, oficinas de teatro, aulas de inglês, ações religiosas, ensaios musicais e sessões de filmes seguidas de comentários.

O advogado de Robinho, José Eduardo Alckmin, informou que ele está bem e se adaptando à nova realidade na prisão. Ele também poderá trabalhar dentro da penitenciária e receber visitas da família aos fins de semana, após a documentação necessária ser providenciada.

Vale ressaltar que Robinho não é o único jogador a retornar aos gramados dentro de uma penitenciária. Outros casos como o de Daniel Alves, condenado por estupro na Espanha, e Ronaldinho Gaúcho, preso no Paraguai por uso de passaporte adulterado, também participaram de campeonatos dentro das prisões.

Mesmo com as dificuldades, a prática esportiva dentro das penitenciárias tem se mostrado uma forma de reintegração social e disciplina para os detentos, como no caso desses famosos jogadores. O futebol segue sendo uma paixão que ultrapassa até mesmo os muros de uma prisão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *